Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008
rotina de ambição

Pronto, o Brasil começou novamente. O natal passou, o ano novo passou, as férias acabaram e o carnaval também. Por que é óbvio que o Brasil pára no natal e só volta a funcionar depois do carnaval. E todos voltam para a mesma vida sem emoções e com muita ambição.

 

Bem, as pessoas voltam às suas rotinas: café, trabalho, almoço de negócios, trabalho, janta, responder e-mails, dormir.  Elas ficam completamente centradas nos negócios e esquecem de observar as coisas em sua volta.

 

A maior parte das pessoas passa todos os dias pelas mesmas ruas em direção ao trabalho, conseqüentemente encontra as mesmas pessoas nas ruas quase todos os dias. Se as pessoas não estivessem tão ocupadas pensando em como ganhar mais dinheiro de forma mais rápida, talvez reparassem naquela simpática pessoa que lhes passa deslumbrantemente com cheiro de verão todos os dias ao seu lado. E quem sabe dali poderia surgir uma nova amizade ou um relacionamento?

 

Mas o homem não tem mais tempo para amizades e relacionamentos. Ele apenas se centra no objetivo de ganhar dinheiro. Por que ele acredita que precisa de dinheiro para poder ser feliz e esquece que a felicidade está nos momentos que lhe surgem em vários momentos do dia.

 

Se eu pudesse mudar uma coisa em cada pessoa eu mudaria a sua visão em relação ao dinheiro e a felicidade. Cortaria a visão de que para ser feliz precisa-se de dinheiro. A felicidade pode muito bem existir sem o dinheiro. Mas o dinheiro fica bem mais difícil de ser ganho sem a pessoa estar em harmonia consigo mesmo e sem estar feliz.



publicado por lastnight às 22:54
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|

Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2008
(des)honesto

Jack Sparrow já dizia: “Me? I'm dishonest, and a dishonest man you can always trust to be dishonest. Honestly. It's the honest ones you want to watch out for, because you can never predict when they're going to do something incredibly ... stupid.Eu fiz dessa frase, um dos meus conceitos de vida. Não que eu tenha muitos conceitos sobre a vida, foi só um modo de expressar como eu concordo com essa frase. Todo político em propaganda eleitoral fala que vai diminuir o desemprego (claro, o da sua família quando ele for eleito), vai acabar com a fome (das pessoas de quem ele comprou votos), e também não vai roubar (mas vai fazer vista grossa para os ministro e deputados). Não podemos dizer que eles mentiram ou não cumpriram com sua promessa. Na verdade acho que propagandas políticas deveriam ser proibidas e sim, fazer um Big Brother Brasil com os futuros Presidente, Ministros, Deputados e o caralho a quatro. Colocar todos em uma casa e deixar eles lá por uns 6 meses. Com certeza veríamos quem eles realmente são. Colocar aqueles sensores de mentira e tudo o que tem direito. Com certeza seria um BBB com bem mais conteúdo do que esses de hoje em dia que só mostram sexo, bebida e baixaria do povo brasileiro. Sinceramente, não sei como alguém se presta a ver isso. Mas não é esse o caso. Voltando ao assunto, não seria apenas um modo de escolher nossos representantes, mas também um modo de fazer desse povo alienado que adora observar a vida privada dos outros se interessarem um pouco mais pela política do seu país ao invés de ficar jogando “war” com seus coleguinhas psicopatas.



publicado por lastnight às 23:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2008
saudades

Percorri os quatro cantos do mundo, perguntei a tudo e a todos. Não consegui tirar da minha memória a imagem alucinógena do seu corpo junto ao meu. Vejo você em meus  pensamentos, sinto você em meus anseios. Tudo o que me restou foi uma centelha de esperança: Que você me surpreenda com sua presença, e devolva-me a felicidade que levou com sua ausência.



publicado por lastnight às 16:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2008
há anos

Só ela me entende bem. Mesmo quando tudo desmorona ela está lá onde sempre esteve. A noite cai e ela me atrai mais. Mas quando o que eu mais quero é sair ela não me deixa. Se um dia ela pudesse te contar tudo o que ela já viu, eu me sentiria envergonhada. Ela me viu nos meus piores momentos de crises e depressões. Apesar de tudo eu a amo tanto. No final do dia ela me espera como sempre, quente e pronto para a noite inteira. Oh, minha querida cama só tu me entendes.



publicado por lastnight às 20:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sábado, 2 de Fevereiro de 2008
hell yeah

no pain no gain



publicado por lastnight às 18:27
link do post | comentar | favorito
|

ligo o rádio e blá blá blá
pesquisar
 
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

sussurre as palavras fina...

extorsão

interior amargo

felicidade nua

misantropia ou filantropi...

rotina de ambição

(des)honesto

saudades

há anos

hell yeah

arquivos

Junho 2009

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds